-
Blog leia todos os artigos publicados pelos nossos psicólogos

Single Shaming : o que é?

Assuntos: Autoconhecimento, Autoestima, Psicólogo RJ, Senhora Terapia, Terapia Cognitivo-Comportamental | Autor: Fabiane Curvo | | Postado em 10.10.2016
Young girl with hat. Hides her face.Depression.

single shaming é um termo usado atualmente para definir o que muitas mulheres tem relatado passar a partir dos 30 anos. Traduzido sem meias palavras, o termo quer dizer “vergonha de estar solteira”. Esse sentimento é proveniente tanto que uma cobrança pessoal, como familiar ou até mesmo social.

É  claro que existem mulheres que valorizam e buscam a independência financeira e o sucesso profissional anterior a um marido. Essas conquistas as deixaram mais felizes que qualquer outra conquista pessoal. Então, enquanto elas trabalham para atingir seu objetivo, não sobra espaço ( não só na agenda mas  também espaço emocional!)  para buscar um parceiro. As prioridades da vida se tornam outras. O amor da  vida dela pode até estar ao lado, mas não é esse o foco no momento. Por outro lado, ainda existem sim, as que são atingidas pela pressão tanto de si mesmas, como da sociedade. E essas, sim … sofrem muito!

Esse julgamento é sempre um olhar muito negativo em relação ao fato de viver sozinha. Estar com alguém significa para as que sofrem do “single shaming” que a mulher foi desejada e escolhida entre tantas, então, ela é valorizada em todos seus aspectos. Manter um relacionamento duradouro é sinal de sucesso para aqueles que tem esse olhar. Estar solteira resultaria em uma percepção de inabilidade, desvalorização, desaprovação e  por fim, na infelicidade.

Para resolver essa questão gosto de um ensinamento que diz: o parceiro não deve chegar para completar o copo que estava vazio, mas para transbordá-lo. Portanto a luta é o inverso do que muitas dessas mulheres pensam. Não procure um namorado, mas encha o seu  coração de amor com tudo que você gosta e de você mesma! Faça aquilo que você ama, divirta-se com as suas amigas, desenvolva novos projetos, saia só para dançar, conheça o mundo e se permita conhecer-se melhor também.

Quando uma mulher está bem consigo mesma, ai sim, a mágica do amor acontece! Não adianta ficar com “qualquer pessoa” simplesmente para mostrar aos amigos ou à família.  

 

psicologo ipanema fabiane curvo Fabiane Curvo é psicóloga clínica, Terapeuta Cognitivo Comportamental. Realiza psicoterapia a adolescentes e adultos no bairro de Ipanema, Rio de janeiro, RJ.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Planilhas para você + saiba mais
Sublocação de Sala + saiba mais
Cursos e Grupo de Estudos + saiba mais
Todos os direitos reservados © 2013 Senhora Terapia Design por xCake