-
Blog leia todos os artigos publicados pelos nossos psicólogos

O que é Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC)?

Assuntos: Terapia Cognitivo-Comportamental | Autor: Juliana Vieira | | Postado em 02.12.2013

terapia-comportamental-cognitiva

Escolhi ser Gestalt-terapeuta porque essa era uma abordagem que tinha relação com a maneira  de pensar minha vida e olhar para as pessoas. Mas sei que existem milhares de possibilidades de  compreender o ser humano. São inúmeras lentes, com seu brilho diferente e que muitas vezes levam ao mesmo lugar.

Depende do que precisa quem busca. Depende também do uso que faz quem tem a “técnica”.

O texto  tá a cara da TCC! A autora também é a cara da abordagem que escolheu! Um pouco de TCC pra vocês no texto da psicóloga Juliana Vieira!

O que é Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC)?

A Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC) foca no presente. O terapeuta é ativo no processo e a terapia é baseada na colaboração mútua, onde o psicólogo fornece as técnicas e o cliente executa as tarefas. As seções são ordenadas de acordo com as prioridades do cliente e os resultados costumam ser rápidos.

Além disso, a TCC treina e capacita o cliente para ser o seu próprio terapeuta.

São utilizadas técnicas cognitivas (ligadas ao pensamento) e técnicas comportamentais, a fim de avaliar os pensamentos, que podem ser adaptativos (úteis ao paciente) ou desadaptativos (atrapalham o paciente). As tarefas propostas pelo terapeuta podem ser realizadas durante ou após o atendimento, dependendo do objetivo e do nível de segurança do cliente em executá-las.

Influências dos Pensamentos :

Para a Terapia Cognitivo Comportamental  (TCC), os pensamentos exercem forte influência sobre as nossas emoções e sobre os nossos comportamentos, como um movimento em cadeia. Para muitas pessoas, pensamentos desadaptativos são uma constante, atrapalhando suas vidas e causando inúmeros prejuízos.

Exemplo:

Em determinado momento de sua vida surge um grande problema, um grande obstáculo. Pensamentos do tipo: “Não vou conseguir”, “Não serei capaz de sair dessa”, “Estou perdido”, desencadeiam sentimentos de tristeza, ansiedade e raiva, levando à evitação do problema e consequentemente ao fracasso. Porém, em uma mesma situação, o que aconteceria com você, se pudesse, através de algumas técnicas, mudar seu pensamento para: “Eu quero, eu posso, eu vou conseguir”?

Sim, desta forma a TCC, através da investigação e da modificação de pensamentos considerados desadaptativos, substitui as emoções e os comportamentos indesejados por outros considerados adaptativos, levando ao sucesso e a melhor qualidade de vida.

A quem é indicada a Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC)?

Atualmente a literatura aponta bons resultados na aplicação da TCC em diversos transtornos, como: Depressão; Transtorno do Pânico (TP); Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC); Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG); Transtorno de Ansiedade de Separação (TAS); Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH); Fobia Social ou Específica; Transtorno Bipolar do Humor; Dor Crônica, entre muitos outros.

Porém sua indicação não se restringe apenas a estes diagnósticos, se você está sofrendo e sente que sua vida está prejudicada, se você busca uma melhor qualidade de vida, essa abordagem também pode te ajudar. Procure um psicólogo!

Gostou da matéria?  Entre em contato e conheça o trabalho realizado pelo psicóloga Juliana Vieira.

Juliana Vieira

Juliana Vieira é psicóloga clínica com formação em Terapia Cognitivo-Comportamental pelo Instituto de Psiquiatria da UFRJ (2012) e Assistente de Pesquisa do Instituto Fernandes Figueira – Fiocruz (2013).

Compartilhe:
Planilhas para você + saiba mais
Sublocação de Sala + saiba mais
Cursos e Grupo de Estudos + saiba mais
Todos os direitos reservados © 2013 Senhora Terapia Design por xCake